Pilates

Pilates
Studio Ki

sexta-feira, 19 de julho de 2013

Frio em Sorocaba pode atingir 5ºC

Frio derruba a temperatura em Sorocaba

A partir de segunda feira o inverno vai mostrar seu maior significado, o friiiioooo. Segundo as previsões do tempo a próxima semana será muito frio, podendo os termômetros atingirem 5ºC. Esse frio é devido a massa polar que vai atingir o Brasil, e traz chance de neve entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina. A massa de ar polar chega ao estado RS e derruba as temperaturas a partir desta sexta-feira (19). O frio mais intenso é esperado para a noite de domingo (21) e a madrugada de segunda-feira (22), quando a mínima pode chegar a -5°C.
Em 2012, o Rio Grande do Sul registrou neve em plena primavera. No dia 26 de setembro, o fenômeno foi relatado por moradores de três cidades da região: Bom Jesus, São Francisco de Paula e São José dos Ausentes. Segundo levantamento do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o último registro de neve no estado durante a primavera foi em 2000. No mês de setembro, nevou em 2008, 2006 (duas vezes), 2005, 2003, 2001, além de 2000. Na ocasião, o Inmet confirmou que nevou apenas em Bom Jesus.
A possibilidade de o fenômeno ocorrer é mais forte nas regiões da Serra e da Campanha. "Para termos neve, é necessária uma combinação de fatores. Primeiramente, precisamos de temperaturas baixas, próximas de 0°C. No domingo, por exemplo, a previsão é de - 5°C em Vacaria. Outro fator primordial é umidade do ar muito alta e chuva, fraca ou forte. No Rio Grande do Sul, temos áreas de instabilidade neste período", explicou ao G1 da Globo a meteorologista Tatiane Martins.


sábado, 13 de julho de 2013

Romaria de Aparecidinha em Sorocaba, saiba como começou a tradição

Confira também a programação da Romaria para este domingo

História:
A romaria é realizada há 114 anos. Dados indicam que o movimento de católicos ao bairro de Aparecidinha, em romaria, teve início em 1804, de forma descontinuada. Foi em 1852 que o jornal "O Defensor" citou o evento como uma tradição na qual o costume era levar a imagem de Nossa Senhora Aparecida para o centro da cidade em momentos difíceis, como nos períodos de seca, enchentes ou epidemias. Era a fé e o louvor buscando ajuda celestial.
Durante o surto da febre amarela, no final do século XIX, os devotos de Nossa Senhora pediam a cura da doença e isso sedimentou o costume de se levar a santa até a cidade para abençoar o povo.
Neste período, Monsenhor João Soares, pároco da Matriz Nossa Senhora da Ponte (atual Catedral) fixou as datas da Romaria: 1 de Janeiro, saindo da Igreja de Aparecidinha para a Catedral e o segundo. domingo de Julho para o retorno da santa ao Centro de Sorocaba.
Milhares de pessoas participam da procissão todos os anos em veneração à Nossa Senhora Aparecida, em agradecimento e em súplica.

Programação:
Neste domingo dia 14, a programação começa às 5h, quando o arcebispo metropolitano Dom Eduardo Benes de Sales Rodrigues vai celebrar uma missa na Catedral. Em seguida, a imagem da padroeira será levada ao bairro Aparecidinha. Chegando ao santuário, os fiéis participam de outra missa.

Trânsito:
A Urbes, empresa pública que administra o trânsito e o transporte em Sorocaba, montou um esquema especial. Neste sábado (13), à partir das 22h, será feita a interdição das ruas Joaquim Machado e Otávio Félix Pereira, além do Largo Antônio José da Silva para a montagem das barracas para o evento.
À partir das 7h de domingo, também será interditado o acesso à rua Joaquim Machado e os motoristas deverão desviar pela rua Seiki Murakami. Os técnicos da Urbes vão sinalizar os locais, que também terão a presença de agentes de trânsito. As vias só serão liberadas no domingo à noite, após o término da festa.

Ônibus especiais:
Também será implantado um esquema especial para atender os usuários do transporte coletivo.  Serão criadas viagens extras partindo do bairro para o Terminal nas linhas 28 – Mineirão às 04h20min e 05h10min, 46 – Paineiras às 04h40min e 05h18min, 55 – Rodrigo às 04h00, 58 – Vitória Régia às 03h50min e 62 – São Bento às 03h50min e às 05h30min.
Partindo do terminal São Paulo para o bairro será criado uma viagem na linha 31 – Cajuru às 04h20min e na linha 30 – Brigadeiro Tobias às 4h30min. A linha 38 – Aparecidinha/via Éden também irá operar com tabela Especial ofertando intervalos de 70 minutos até às 16h50min.
Logo no início da procissão as linhas que percorrem as avenidas São Paulo e Nogueira Padilha e as ruas Newton Prado e Padre Madureira, além da avenida Carlos Reinaldo Mendes irão sofrer desvios temporários para a passagem dos fiéis.
Do terminal Santo Antonio, plataforma P.02, Ponto “G”, partirão carros extras seguindo para o evento via Marginal Dom Aguirre (onde não haverá pontos de parada), e os desembarques ocorrerão na rua do Terço (Praça Prof. João Oscar Mascarenhas), ponto este que os usuários deverão utilizar para retornar ao Terminal Santo Antonio.

quarta-feira, 10 de julho de 2013

Protestos de Grupos Sindicais em Sorocaba: ACOMPANHE

O transporte público coletivo e os terminais de ônibus de Sorocaba funcionam normalmente.

Sindicalistas estão concentrados em vários pontos de Sorocaba e Jundiai (SP) desde o fim da madrugada desta quinta-feira (11). As centrais sindicais marcaram uma mobilização nacional. Elas querem que o dia 11 de julho fique marcado como Dia Nacional de Lutas.
Ônibus que levaram trabalhadores para as fábricas foram desviados e encaminhados para o Parque das Águas.
O transporte público coletivo e os terminais de ônibus de Sorocaba funcionam normalmente.

Às 8h, o grupo fará uma assembleia para decidir os rumos da manifestação durante o dia. A previsão é de que ainda pela manhã os manifestantes saiam em passeata até o Centro da cidade para se juntar ao Sindicato dos Bancários. Eles querem que as instituições bancárias e econômicas permaneçam fechadas durante o dia. Também há previsão de que parte do comércio não abra as portas nesta quinta-feira.

Entre as reivindicações dos manifestantes, estão o fim do fator previdenciário, jornada de trabalho de 40 horas semanais sem redução salarial, reajuste para aposentados e investimentos em saúde, educação e segurança. O itinerário das passeatas será decidido ao longo do dia pelos manifestantes.
Já os sindicatos dos bancários e dos vigilantes se reúnem às 8h, no Largo de São Bento, no Centro. Os atendimentos bancários poderão ser prejudicados com a ação. Os participantes devem fazer uma passeata pelas ruas São Bento e XV de Novembro, que deverão ser interditadas, além de outras vias da região central.
Como o itinerário dos grupos será definido durante a passeata, a Polícia Militar e a Urbes, vão ficar de prontidão para monitorar o trânsito e orientar os motoristas e pedestres.
Durante a tarde, outro protesto poderá ser realizado na praça Coronel Fernando Prestes, com passeatas pelas ruas da região central.

Leia Mais