Pilates

Pilates
Studio Ki

terça-feira, 7 de junho de 2016

Sorocaba enfrenta falta de energia e falta de água

Fornecimento de energia foi restabelecido mas é provisório. 

Moradores de cidades da região de Sorocaba (SP) enfrentaram falta de energia nesta segunda (6) e terça-feira (7). Segundo informações da Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL), o fornecimento foi restabelecido, de forma provisória, em Sorocaba, Votorantim, Itu, Mairinque, São Roque, Ibiúna, Iperó e Araçoiaba da Serra. Contudo, com o aumento do consumo previsto pela manhã, a distribuidora irá fazer manobras operacionais, o que poderá provocar a interrupção do serviço para 150 mil clientes.
Nas cidades de Piedade, Tapiraí e Pilar do Sul, a Elektro confirmou a interrupção no fornecimento de energia. Em nota divulgada pela pela concessionária nesta terça-feira (7), o fornecimento de energia na região somente poderá ser totalmente normalizado com o restabelecimento do sistema de transmissão da Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista (CTEEP).
Após inspeção, a CTEEP detectou 10 torres de transmissão danificadas e, em função disso, houve a interrupção no fornecimento de energia a partir das 15h10.​ O sistema tem sido seriamente afetado pelos recentes efeitos climáticos com fortes ventos, chuvas e descargas atmosféricas. (Fonte: http://g1.globo.com/)

Sorocaba também já enfrenta falta d'água em 90% da cidade

Em decorrência da falta de energia elétrica o abastecimento de água em Sorocaba começou a ser afetado desde a segunda feira. O diretor geral do Saae, Rodrigo Maldonado, confirmou que dos 23 centros de distribuição de Sorocaba, 18 não estão funcionando. Deixou de funcionar também a Estação de Tratamento de Água (ETA) do Éden. Segundo ele, boa parte da cidade sente os efeitos da falta de água. Ele pede para que todos economizem água para evitar o desabastecimento. Entre os bairros que já apresentam falta de água na manhã de terça estão o Éden, Cajuru, Iporanga, Vila Helena e Zona Industrial.

Temporal em Ibiúna causou falta de energia, diz CPFL

Os fortes temporais que atingiram a região de Ibiúna nesta segunda-feira (06) foram a causa da falta de energia que atingiu a região. A informação foi passada pelo gerente regional da CPFL Piratininga, Edson Amaral, em entrevista à Cruzeiro FM 92,3 na manhã desta terça-feira. Segundo explicou o representante da concessionária, 11 torres da região caíram devido aos ventos que atingiram a região e causaram estragos em diversas cidades, inclusive em São Roque.
De acordo com Amaral, essas torres fazem parte de uma linha de transmissão da Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista (CTEEP), usada como  alternativa pela CPFL para abastecer a região de Sorocaba, que vem de Embu-Guaçu até a região do Éden. Esse sistema tem capacidade de 440 mil volts e estava sendo usado como segunda opção para abastecer Sorocaba e mais 10 cidades da região, o que compreende cerca de 2 milhões de pessoas.

A linha estava sendo usada como alternativa pois a linha principal de abastecimento, que vem de Bauru a Sorocaba, já havia sido afetada pelas chuvas que atingiram a região de Campinas, com a queda de 13 torres. Segundo previsão da companhia, esse sistema deve voltar a operar normalmente ao longo de quarta-feira, quando o abastecimento deverá ser normalizado em 100% de sua capacidade.

Nesta terça-feira, o sistema que está abastecendo a região de Sorocaba está funcionando por meio de uma interligação provisória por Salto e opera com 70% de sua capacidade. Por isso, a CPFL orienta que a população economize energia, só usando para atividades essenciais.


Leia Mais